Música da semana: “Like a Virgin” by Madonna.

Ela é a rainha do Pop. Completou 59 anos no último 16/08, e conserva-se linda e com toda a energia. Ela é Madonna. Eu não podia deixar de prestar minha homenagem a uma das maiores artistas de nossa era. Dançarina incrível, voz aveludada e com o estilo “diva” todo seu, Madonna faz juz ao estado de primeira grandeza que ostenta.

Like a Virgin

Composição: Billy Steinberg / Tom Kelly

original:

I made it through the wilderness
Somehow I made it through
Didn’t know how lost I was
Until I found you

I was beat, incomplete
I’d been had, I was sad and blue
But you made me feel
Yeah, you made me feel
Shiny and new

Like a virgin
Touched for the very first time
Like a virgin
When your heart beats
Next to mine

Gonna give you all my love, boy
My fear is fading fast
Been saving it all for you
‘Cause only love can last

You’re so fine and you’re mine
Make me strong, yeah you make me bold
Oh your love thawed out
Yeah, your love thawed out
What was scared and cold

Like a virgin, hey
Touched for the very first time
Like a virgin
With your heartbeat
Next to mine

You’re so fine and you’re mine
I’ll be yours ‘till the end of time
‘Cause you made me feel
Yeah, you made me feel
I’ve nothing to hide

Like a virgin, hey
Touched for the very first time
Like a virgin
With your heartbeat
Next to mine

Like a virgin, ooh, ooh
Like a virgin
Feels so good inside
When you hold me, and your heart beats, and you love me

 

Tradução:

 

Consegui sair dessa confusão
De alguma forma, consegui
Não sabia o quanto estava perdida
Até encontrá-lo

Estava vencida, incompleta
Fui enganada, estava triste e deprimida
Mas você me fez sentir
É, você me fez sentir
Novinha em folha

Como uma virgem
Tocada pela primeira vez
Como uma virgem
Quando seu coração bate
Próximo do meu

Vou lhe dar todo meu amor, rapaz
Meu medo está sumindo rapidamente
Andei guardando tudo isso para você
Pois apenas o amor dura

Você é ótimo, e é meu
Me faz forte, sim, me faz ousada
Oh, seu amor derreteu
Sim, seu amor derreteu
O que estava frio e com medo

Como uma virgem, hey
Tocada pela primeira vez
Como uma virgem
Com a batida do seu coração
Próximo do meu

Você é ótimo, e é meu
Serei sua até o fim dos tempos
Porque você me faz sentir
Sim, você me faz sentir
Que eu não tenho nada para esconder

Como uma virgem, hey
Tocada pela primeira vez
Como uma virgem
Com seu coração batendo
Próximo do meu

Como uma virgem, ooh, ooh
Como uma virgem
Me sinto tão bem por dentro
Quando você me abraça, e seu coração bate, e você me ama

Karlos Souza

Nascido em Montes Claros/MG em Janeiro de 1987, morador de brasília desde 2004, estudou Letras e literatura, mas sua paixão sempre foi a tecnologia. Fazendo um pouco de tudo, Karlos estudou também teologia e aventurou-se em escatologia. Fora das ciências humanas, também tem como hobby o estudo de astronomia e cosmologia, além de história e ciência política. Mesmo com tantos aspectos aparentemente difusos, ele consegue encontrar harmonia no significado que dá a todos eles e as devidas ligações que constrói para desenvolver seus artigos com base nesses assuntos.Trabalha atualmente na área de atendimento ao cidadão e é editor do blog Celentor.com.